More Português Français čeština Magyar ελληνικά Nederlands Polski Deutsch Español Русский Italiano हिन्दी Română English

5 dos Melhores Jogos MMO Gratuitos

Classifique este Artigo Neste artigo vamos analisar como é ser o Mestre de uma Guilda num MMO e, para variar um pouco, vai ser escrito na minha perspectiva pessoal como jogador, e não como avaliador do site. Praça MMO - 5 dos Melhores Jogos MMO Gratuitos

Sou um jogador desde os 13 anos e jogo numa variedade de jogos diferentes nas mais variadas plataformas. Eu comecei a jogar o World of Warcraft quando este foi publicado há 9 anos atrás, e tenho sido membro da minha guilda por 7 anos e do GM por pouco mais de 5 anos. Apesar da minha experiência estar dentro do WoW, este artigo pode-se aplicar a qualquer jogo que decida jogar.

Existem vários tipos de guilda que aparecem nos jogos MMO, e os arquétipos são a guilda social, a guilda para subir de níveis, a guilda de investidas (raids) e a guilda de investidas intensivas (raids hardcore). Como líder da guilda, define os tempos e as acções sobre o que a guilda deve fazer, e a direcção na qual ela irá. As decisões que tomar irão alterar o futuro da guilda e aquilo que conseguirem como um grupo, e qual dos 4 tipos diferentes de guilda você pode gerir.

Assim que tiver uma idea do tipo de guilda que quer gerir, está na altura de começar a procura por membros. Muitíssimo frequentemente, a maioria do ‘núcleo duro’ da guilda é formada por amigos que se juntam com um objectivo comum em mente. Preencher a sua guilda pode ser desafiante, se não tiver um grupo social para começar esta experiência. O WoW contém algumas ferramentas para tentar e ajudá-lo a recrutar, uma ferramenta dedicada a encontrar guildas e canais de conversação em que pode perguntar, mas muitas vezes, é a publicidade boca-a-boca que consegue-lhe mais membros.

Assim que tiver um grupo de membros na sua guilda, o trabalho não pára, especialmente se tiver numa guilda de investidas. Se formou um guilda com o objectivo de terminar o conteúdo do final do jogo, vai querer, como GM, tomar muitas decisões, e provavelmente liderar as investidas. Organizar e liderar as investidas é uma enorme quantidade de trabalho, e requer uma boa porção de tempo.

Como líder da investida, precisa de saber as tácticas para os conflitos que enfrentará, bem como ser capaz de se ajustar no local. Mas também precisa de conhecer a equipa com a qual está a actuar, as suas forças e fraquezas. Fora da investida em si, precisa de saber quem vai, e ter todos os papéis de especialista e habilidades preenchidas. É preciso organização e alguma dedicação de tempo para construir uma boa equipa de investidas.

Gerir uma guilda não é algo fácil de se fazer sozinho. Muitas vezes vai precisar de um grupo de oficiais ou assistentes para o ajudarem a gerir a guilda. A minha guilda não é excepção. Eu tenho um grupo de 4 oficiais e mais sub-oficiais para os ajudar. Como gere os oficiais depende de si, mas delegar algumas das tarefas e ter um grupo de pessoas para o apoiarem pode ser um enorme alívio.

Os oficiais tendem a ser jogadores que sabem bastante do jogo, ou são especialistas numa determinada classe. Eles podem ajudar a liderar as investidas ou liderá-las se estiver indisponível, enquanto mantêm a disciplina da guilda ou assistem no recrutamento. Escolher bons oficiais é fundamental para ajudar a manter a guilda a funcionar inteiramente. Precisa de de estar com as pessoas que escolher, e ser capaz de confiar nelas para lhes delegar as tarefas.

Quando estiver a formar uma guilda, precisa de ter uma breve ideia das regras e aspectos que gostaria que a guilda mantivesse durante a sua existência. Desde regras sociais simples como sendo proibido praguejar e ofender, até regras sobre como gerir os fundos/banco da guilda, precisa de ter uma série de regras disponíveis. É melhor começar com regras básicas, e depois ir expandindo conforme a necessidade.

Eu tenho 2 regras principais, não ser mau para os outros e não afundar a guilda ao ser horrível para outras pessoas. No geral, isso cobre a grande maioria das coisas que possam causar problemas dentro da guilda. Existem alguns maiores requerimentos para as regras que pode adicionar, e fi-lo para a minha equipa de investidas, como exemplo. Independentemente das regras que definir, é importante ter a certeza de que as faz cumprir.

Às vezes vão existir jogadores que simplesmente não seguem as regras, ou que passam os limites aos seus olhos e dos outros membros da sua guilda. É realmente importante que realmente assegure que as regras sejam definidas, para que haja alguma flexibilidade, mas que, quando forem quebradas, seja necessário ser aplicada disciplina. Como responde a uma certa situação depende de si, como GM ou Oficial, mas não fazer nada pode resultar em consequências desastrosas para si e para a sua guilda.

Dito isto, na maioria das vezes, se tiver cuidado com quem recruta, e ter uma política claramente definida, não deve ter problemas sérios. Ter um grupo de jogadores com os quais pode fazer as coisas é excelente e é importante estar envolvido nas tarefas diárias como GM, pois leva-o mais próximo dos jogadores e conhece-os melhor. Estar por lá também os ajuda a conhecê-lo e pode mesmo melhorar imenso a atmosfera da guilda.

Bem como com as investidas, também pode fazer eventos sociais, que são coisas divertidas de se fazer, desde caças ao tesouro até jogos de habilidade. Pode oferecer prémios se tiver fundos para eles, ou benefícios ou honras para os vencedores. Ter estes eventos é divertido e ajuda os seus membros a conhecerem-se uns aos outros, construindo um melhor espírito de equipa. Conhecer as pessoas na guilda e ter uma excelente atmosfera ajuda os jogadores da guilda a sentirem-se envolvidos com o jogo.

Em resumo, as coisas chave para gerir uma guilda com sucesso são ter objectivos definidos, regras claras e assegurar que elas se mantêm. Mas a maioria de todos os jogos MMO são divertidos, e estar numa guilda com pessoas que pensam de forma igual é excelente. Iniciar sessão em qualquer jogo e falar com amigos enquanto mata monstros e colecta a pilhagem
é a razão pela qual jogamos, no final de contas.

Independentemente do jogo, e do tamanho da sua guilda, manter as coisas o mais simples possível facilita a gestão da guilda, para além de ser mais fácil e divertido. Existirão alturas em que tudo será difícil ou trabalhoso, mas persevere, trabalhe essas dificuldades e você e a sua guilda podem sair melhores do que nunca.

Numa dica final, lembre-se de que o que está a fazer é jogar, e isso é suposto ser divertido. Trate os seus jogadores como gostaria de ser tratado, e deixe-os fazer aquilo que acham ser divertido para eles, mas que não tirem o gozo dos outros. Se conseguir fazer isso e manter o equilíbrio na guilda, então irá divertir-se imenso a gerir a guilda e os seus jogadores vão gostar de estar nela. No final de contas, é para isso que estamos todos cá, para jogar e divertir!

Classifique este Artigo

Mais Artigos